terça-feira, 26 de novembro de 2013

Malombra - Malombra - 1991 (REP)

Esta é uma banda de Progressivo Negro com fortes influências em Jacula e Antonius Rex. Todo o álbum funciona muito a base de Órgão de igreja com canto gregoriano pelo meio, mais alguns sons de sintetizadores pouca precursão e muito ambiente negro. Bastante aconselhável a todos. Cedido gentilmente pelo amigo Fábio.

Malombra - 1991

domingo, 17 de novembro de 2013

Dicionario do Kobaiano (REP)


Hoje trago algo um pouco diferente um dicionário de Kobaiano – Português, trata-se de uma língua inventada pelos Magma e utilizada em todos os grupos de Zeuhl eu no inicio apenas encontrei um que estava em inglês e por isso resolvi fazer a tradução para o por aqui, como tal este é o único local onde irão encontrar este dicionário. Espero que gostem e seja útil.

Magma - De Futura (Video) (REP)


-->
Simplesmente fantástico esta actuação.

video

Magma - Concert 1971, Bruxelles - Théâtre 140 - 1996 (REP)

Concert 1971, Bruxelles - Théâtre 140 - 1996
http://www.mediafire.com/?rhv4jnob1r6s1py

Magma - K.A. - 2004 (REP)

Sem duvida um album espetacular, considerado um dos melhores.

K.A. - 2004http://www.mediafire.com/?ld4q7c3mkv934fr

Magma - Mekanïk Kommandöh - 1989 (REP)

Mekanïk Kommandöh - 1989
http://www.mediafire.com/?z5gpt65oqzhm6mj

Christian Vander - Offering I-II - Love in the Darkness - 1986 (REP)

Offering I-II - Love in the Darkness - 1986
http://www.mediafire.com/?b7i5va0w3lv7qww

Magma - Merci - 1984 (REP)

Provavelmente o pior álbum de toda a sua discografia e dos piores dos anos 70

Merci - 1984
http://www.mediafire.com/?dg9jwbgjtid647q

Magma - Retrospektiw III - 1981 (REP)

Magma - Retrospektïw I-II - 1981 (REP)

Magma - Attahk - 1978 (REP)

Este é talvez o álbum mais acessível da banda com menos experimentalismo e mais Free-Jazz, Progressivo e claro muito mas mesmo muito Zeuhl. Destaque principal para a primeira faixa, álbum muito aconselhável.

Attahk - 1978

Magma - Inedits - 1977 (REP)

Bem continuando com Magma este é um concerto que eles fizeram em 77 para apresentar alguns inéditos que nunca foram gravados em estúdio propriamente dito, ou seja nunca foi editado um álbum de originais com estas faixas. Eu pessoalmente ainda não ouvi este álbum mas acredito que seja bom porque não se pode esperar outra coisa deles.

Inedits - 1977

Magma - Üdü Wüdü - 1976 (REP)


Üdü Wüdü - 1976

sábado, 16 de novembro de 2013

Magma - Live - Hhaï - 1975 (REP)


Este é o seu primeiro concerto editado e para mim é o segundo melhor álbum deles de sempre, conta com cinco faixas onde podemos ouvir o melhor deles ate a altura, sendo que a ultima faixa ainda não descobri a que álbum é que pertence. Todo o concerto é perfeito quase que da a ideia de um álbum de estúdio a qualidade de som é óptima já para não falar na qualidade musical que essa quase que supera as faixas originais, alias dou especial atenção a ultima faixa que tem um trabalho de violino absolutamente extraordinário com um ritmo alucinante. Este concerto é OBRIGATORIO para todos aqui podemos ouvir Magma na sua fase áurea com uma qualidade musical absolutamente invejável. Aproveito para colocar aqui um vídeo da quarta faixa que encontrei no youtube e que mostra alguma da mestria que podemos encontrar neste álbum. E por fim coloco aqui a imagem de um bilhete desse concerto que encontrei no blog "kohntarkosz.blogspot".

Live - Hhaï - 1975

Magma - Köhntarkösz - 1974 (REP)

Magma - Wurdah Ïtah - 1974 (REP)


-->
Um álbum praticamente a solo de Christian Vander álbum obrigatório para conhecer a sua música e a sua história, trata-se em parte da continuação da história do álbum anterior.

Wurdah Ïtah - 1974
http://www.mediafire.com/?11s8y5du7wlpyzv

Magma - Mekanïk Destruktïw Kommandöh - 1973 (REP)


-->
Mekanïk Destruktïw Kommandöh foi o álbum mais famoso e aclamado da sua extensa discografia embora não tenha atingido grande sucesso comercial. Neste álbum é continuada a história do povo da Terra depois do Apocalipse, neste caso temos a história do profeta Nebehr Gudahtt que aclama que as pessoas tem de trabalhar e cantar musicas em Zeuhl mas as pessoas revoltam-se contra ele. Mais tarde algumas começam a acreditar e a apoia-lo e a defendê-lo. Com uma historia complexa a musica não se fica atrás um dos melhores de puro Zeuhl se sempre. Registo obrigatório para qualquer amante deste gênero musical e audição indispensável para qualquer um.

Mekanïk Destruktïw Kommandöh - 1973

Magma (Univeria Zekt) - The Unnamables - 1972 (REP)


-->
Univeria Zekt foi um projecto que os integrantes dos Magma realizaram para habituar as pessoas a musica deles então compuseram este álbum também de puro Zeuhl mas mudaram o nome para ver qual a sua reacção. Em geral o álbum está bem constituído com óptimos vocais como sempre, recomendo seriamente.

Magma - 1001° Centigrades - 1971 (REP)


-->
Este é o seu segundo álbum de originais, aqui já podemos ouvir um som mais consistente, mais organizado e no meu entender de melhor qualidade. Neste álbum já podemos ouvir aquilo a que normalmente se chama de Zeuhl que é uma mistura de Free-Jazz, Progressivo, Sinfónico, Experimental, com algumas pitadas de psicodélico e muita originalidade fazendo com que por vezes seja um som um pouco agressivo no sentido de algo quase militarista. Em geral acho que é um bom álbum com originalidade e imponência sendo muito aconselhável a sua audição.

1001° Centigrades - 1971

Magma - Kobaïa - 1970 (REP)



Este é o seu primeiro álbum talvez um pouco diferente dos que vinham a seguir a esse e ainda um pouco experimental, com muita influência de Jazz, e pouco Zeuhl, tem varias partes completamente diferentes umas das outras passando por zonas melódicas ate bastante rítmicas. Em geral não considero que seja um grande álbum e nem sequer acho que represente o estilo que os veio a representar mas vale o registo.

Kobaïa - 1970